sexta-feira, 23 de julho de 2010

Tomados: Morandé Pioneiro Carmenère 2007 e 2008

Esse eu tomei.
Ou pelo menos tentei tomar. Foram os vinhos que tentamos tomar depois do Ysern na terça-feira. Digo que tentamos tomar, porque ambos estavam indubitavelmente defeituosos, com aquele gosto que se atribui a xixi de gato (nunca provei xixi de gato, mas imagino que seja parecido).
Primeiro tentamos o 2008, péssimo, intomável, conclusão unânime. Depois, tentamos o 2007, estava menos ruim, porém como o mesmo defeito. Ambos foram para o lixo.
Essa foi a primeira experiência desagradável com vinhos do Morandé. Muito estranho, que estas coisas acontecem... acontecem, mas duas vezes em uma só noite! Com vinhos da casta e do mesmo produtor! De safras diferentes! Realmente não sei o que aconteceu. Inexplicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails